Nervo Ciático Inflamado

Nervo ciático inflamado – tire todas as suas dúvidas sobre causas, sintomas e tratamento deste nervo, também conhecido como isquiático, que é o principal dos membros inferiores e o maior do nosso corpo. Um problema nele pode causar dor e limitação em graus variados. 

 

Os nervos são estruturas distribuídas pelo corpo inteiro, responsáveis pela comunicação e transmissão sensitiva e motora através da integração entre eles, formando o Sistema Nervoso (Central e Periférico).

Portanto, uma lesão nos nervos pode ser sentida na forma de dor, alteração de sensibilidade e até alteração motora. 

 

O nervo ciático começa no final da coluna, a partir da junção de várias raízes nervosas, passa pelos glúteos, atrás da coxa e do joelho, onde se divide em dois nervos (tibial e fibular comum), posteriormente ramificando-se em nervos menores na região dos pés.

 

Sendo o nervo ciático o maior do corpo humano, é nesse percurso todo que se pode sentir os sintomas de dor, sensações de formigamentos, fisgadas e até mesmo “choques”.

O que é e quais as causas do nervo ciático inflamado?

 

O que é e quais as causas do nervo ciático inflamado?A compressão do nervo ciático (aguda ou crônica) pode inflamá-lo causando o que chamamos de dor ciática

 

Ocorre por diversos fatores como a obesidade, má postura, falta de fortalecimento muscular ou tudo que contribua para a sobrecarga e desalinhamento da coluna causando dores que podem irradiar por toda região do nervo ciático.

 

Uma das principais causas, costuma ser a hérnia de disco e também, a espondilolistese ou artrose na coluna

 

Para um breve conhecimento, a hérnia de disco é o deslocamento do disco intervertebral em decorrência do seu desgaste, podendo comprimir o nervo e gerar a dor. A espondilolistese é quando uma vértebra escorrega sobre a outra. E a artrose da coluna é um quadro degenerativo das articulações da coluna vertebral. (clique nos links para saber mais)

 

Outra possibilidade menos frequente, porém com mais probabilidade entre esportistas e frequentadores de academia é o nervo ciático sofrer compressão quando passa pela região glútea, pelo fato deles apresentarem o volume de um músculo específico aumentado (músculo piriforme), no que é denominado síndrome do piriforme.

Quais sintomas do nervo ciático inflamado?

 

Normalmente, é mais frequente que a dor irradie em uma perna, mas pode ocorrer nas duas também. 

 

Em qualquer região da extensão do nervo ciático, do fim da coluna aos pés, a dor pode ser irradiada. 

 

São sintomas comuns do nervo ciático inflamado: 

  • Dormências, formigamentos ou queimação
  • Fisgadas ou pontadas
  • Choques
  • Dificuldade ao andar e em manter a coluna ereta
  • Dor que piora ao ficar muito tempo parado em uma mesma posição sentado ou em pé.
  • Dores pela extensão do nervo ciático em geral
  • Fraqueza na perna dolorida 
  • Perna pesada 
  • Perda de sensibilidade em alguma parte da extensão do nervo ciático

Qual exame para diagnosticar o nervo ciático inflamado?

Qual exame para diagnosticar o nervo ciático inflamado?

 

O exame mais importante e padrão ouro para o diagnóstico é o exame clínico no consultório por especialista na área. Existem algumas manobras e testes especiais que são realizados para maior acurácia no diagnóstico. 

 

Exames complementares específicos como a ressonância magnética, tomografia computadorizada, raio-x e eletroneuromiografia também são importantes para verificar se há alguma alteração que origine a compressão do nervo ciático, causando os sintomas. Desses, a ressonância magnética é a que trás maiores detalhes da anatomia local.

Qual o tratamento para o nervo ciático inflamado?

 

O tratamento para desinflamar o nervo ciático inclui medicação, prescrita sempre pelo médico, como analgésicos, anti-inflamatórios não hormonais/ hormonais e medicações para dor neuropática. Também são recomendados repouso relativo por curto período, exercícios específicos leves durante a crise e fisioterapia analgésica inicialmente. 

 

Pode levar alguns dias para o nervo desinflamar, seguindo corretamente as orientações.

 

Mas o tratamento consiste, principalmente, na investigação mais apurada para identificar a origem da compressão do nervo inflamado, assim o médico especialista poderá indicar o tratamento mais adequado de acordo com o quadro apresentado. 

 

É fundamental tratar a causa e fazer uma boa prevenção.

 

Um bom tratamento clínico resolve a grande maioria das complicações da coluna e em último caso, se a intervenção cirúrgica for necessária, atualmente há técnicas que oferecem mais segurança e menos riscos ao paciente, como a cirurgia minimamente invasiva da coluna.

Qual tratamento caseiro para aliviar a dor no nervo ciático?

 

Enquanto se espera pela consulta médica, o tratamento caseiro para aliviar a dor do nervo ciático, podem ser compressas quentes ou leves massagens para relaxar a região. Nunca se automedique ou tente alongar intempestivamente as pernas ou a coluna na fase de dor aguda.

 

Também:

  • Não carregar pesos ou fazer esforço
  • Reduzir as atividades e repouso para não agravar a dor.
  • Calçados confortáveis para diminuir o incômodo. 
  • Deitar de costas com travesseiro embaixo dos joelhos ou de lado, entre as pernas.

Como prevenir nova crise de dor no nervo ciático?

 

Como prevenir nova crise de dor no nervo ciático?Para prevenir nova crise no nervo ciático, é recomendado a prática regular de exercícios como musculação, hidroginástica, pilates, treinos funcionais e de fortalecimento, entre outros. É sempre importante respeitar os limites do corpo e contar com a instrução de profissionais qualificados.

 

O fortalecimento muscular ajuda a diminuir a carga suportada pela coluna. Principalmente a musculatura do core (região abdominal), o centro do corpo que ajuda no alinhamento, equilíbrio e força.

 

Em paralelo, ter consciência corporal contribui para que sejam evitadas más posturas, que causam desvios na coluna com o passar do tempo, assim como ajuda na própria prática dos exercícios de maneira correta.

 

Alongamentos são importantes após ficar muito tempo parado em uma posição sentado ou em pé. 

 

Verificar móveis utilizados como cadeiras, sofás e colchões para que sejam ergonômicos e não contribuírem para uma má postura.

 

E atenção para uma dieta saudável e manter o peso ideal para evitar uma sobrecarga na coluna.

Nervo ciático na gravidez

 

Na gravidez, é comum as gestantes relatarem dores oriundas do nervo ciático. Como há aumento de peso e especialmente concentrada no abdome, a coluna sofre com essa sobrecarga. 

 

Em caso de sintomas no nervo ciático, é importante consultar o médico especialista para que seja recomendado o melhor tratamento e prevenir complicações maiores na coluna. 

 

No geral, seguem-se as mesmas indicações aqui apresentadas para tratamento, alívio e prevenção da dor, sempre evitando medicações sem prescrição médica.

Tratamentos alternativos ajudam no nervo ciático inflamado?

 

Devido ao aumento na procura por tratamentos alternativos na contenção da dor do nervo ciático, é importante frisar que somente o médico especialista tem os recursos necessários para a descoberta da origem da dor com os devidos exames realizados e que o tratamento clínico e adequado resolve a maioria dos casos, sem necessidade de cirurgia.

 

Ao optar por uma terapia complementar, ter em mente que manipular a região do nervo inflamado pode piorar o quadro. Procure sempre um profissional de confiança ou recomendado. 

 

É importante consultar o médico ao apresentarem os sintomas. Se não tratada, a dor pode evoluir.

Para dúvidas e mais esclarecimentos, agende uma consulta.

Agende uma consulta com Dr. Luciano Pellegrino

    Unidade de preferência:

    Telefone: (11) 3459-2128

    Whatsapp: (11) 95020-1592

    Horário: Segundas e Quartas das 08h00 às 18h00 | Terças e Quintas das 08h às 20h | Sextas das 08h às 17h

    Luciano Pellegrino - Doctoralia.com.br