Cifose

O que é Cifose?

A cifose é uma curvatura fisiológica (normal) na coluna torácica. A cifose é observada olhando o paciente de perfil ou de lado, onde é possível notar a popular “corcunda” na região dorsal.

Em situações normais, a cifose torácica pode variar entre 20 e 45 graus.

Quando há uma curva torácica acima de 45 graus estamos diante de um caso de Hipercifose.

Se você quer saber mais sobre esse problema e como lidar com ele, nós temos algumas informações úteis.

cifose 1

Quais os sintomas da Cifose?

Na maioria dos casos, a cifose é uma alteração que não costuma apresentar sintomas, como dores.

No entanto, quando a hipercifose é acentuada, ela pode ocasionar dores na região da coluna torácica e lombar, além de encurtamentos musculares.

Em geral, a principal queixa dos pacientes com hipercifose é o desconforto estético relacionado ao problema. Afinal, a postura fica “corcunda” como é popularmente conhecida.

Quais as causas de Hipercifose?

O tipo de cifose mais comum é a postural, que é conhecida também como cifose flexível (dorso curvo postural).

Nesses casos, atividades de correção postural com um profissional especializado, associando um fortalecimento da musculatura e sua estabilização, podem efetivamente solucionar o problema.

Outras causas possíveis são: Cifose de Scheuermann, Cifose Congênita, Cifose Degenerativa, Cifose pós-traumática e Cifose Neuromuscular.

O que é Cifose Postural (dorso curvo)?

A cifose postural ou dorso curvo flexível é um tipo de hipercifose muito frequente em adolescentes e meninos. Geralmente ocorre na fase da pré-adolescência/adolescência no período de estirão do crescimento. É mais comum em pacientes magros e com tronco longo. Muitas vezes está relacionada a um vício postural como forma de disfarçar a altura nessa faixa etária. Também pode estar presente em meninas, como forma de esconder o crescimento das mamas.

A cifose postural tem ótimo prognóstico e é de tratamento clínico com medidas de fortalecimento e correção postural. Geralmente tem caráter benigno e autolimitado.

O que é Cifose de Scheuermann?

A cifose de Scheuermann ou doença de Scheuermann afeta a estrutura da coluna na fase de crescimento e formação, causando uma hipercifose rígida.

A causa exata ainda é desconhecida, porém existem algumas teorias de falta de vascularização nas placas de crescimento das vértebras ocasionando uma inflamação local e menor crescimento na região anterior da coluna, acarretando a curvatura em cifose progressiva.

Em geral, existe um componente hereditário na causa da doença de Scheuermann que costuma afetar com maior frequência os meninos.

A doença de Sheuermann é a causa mais frequente de hipercifose torácica e toracolombar estruturada (rígida) durante a adolescência. A incidência na população varia de 1-8%.

É interessante observar que cerca de 30% dos indivíduos têm escoliose associada.

O tipo mais comum de doença de Scheuermann é o torácico, com ápice entre T7 e T9, porém ela também pode ocorrer em níveis mais baixos acarretando mais dor local.

Quais os sintomas da Cifose de Scheuermann?

A principal queixa dos pacientes com doença de Scheuermann é a questão estética. A presença de dor também é relativamente frequente, principalmente no ápice da deformidade e região lombar.

A rigidez da coluna e o encurtamento muscular está presente na maioria dos pacientes.

Como é o diagnóstico da Cifose de Scheuermann?

cifose 2Existem diversos critérios clínicos e radiográficos para fechar o diagnóstico de Cifose de Scheuermann, os principais são:

– Clínicos: hipercifose torácica rígida com ângulo agudo e encurtamento muscular

– Radiográficos: cifose torácica > 45 graus, encunhamentos vertebrais, nódulos de Schmorl e irregularidades do platô vertebral

Qual o tratamento para a Cifose?

A maioria dos casos de hipercifose são de tratamento clínico com medidas posturais, fortalecimento global da musculatura, reabilitação motora e atividades físicas regulares. Técnicas de RPG são fundamentais para tratar a deformidade.

cifose 3Nos pacientes em fase de crescimento (cartilagem de crescimento ainda aberta) com cifose entre 45 e 75 graus, pode estar indicado o uso de órteses (coletes) para prevenir a progressão da curva. Esse tratamento sempre deve ser avaliado com dados clínicos e radiográficos pelo especialista em coluna.

O uso de órteses é recomendado por 23hs/dia até o final da fase de crescimento.

Durante esse período, consultas semestrais para avaliações e correções são necessárias.

Pacientes com curvas torácicas acima de 75 graus podem ter indicação cirúrgica de correção e estabilização, a depender dos dados clínicos apresentados.

Nesses casos, é preciso analisar se existem queixas de dor, sintomas neurológicos e/ou progressão documentada da curvatura.

Nessa fase sempre é necessário o acompanhamento regular com um médico especialista em coluna.

Saiba mais sobre a Cirurgia de Cifose

cirurgia de cifose 1

Outras causas de Cifose

Além da má postura e doença de Scheuermann, a cifose pode ter outras causas que são relativamente comuns, confira quais são elas.

Cifose congênita

Cifose congênita é causada pela má formação das vértebras no período de formação da coluna vertebral, que ocorre ainda na gestação (entre a 3ª e 8ª semana de gestação). Portanto, a criança já nasce com a má formação.

Processos degenerativos

A cifose também pode ser causada por doenças degenerativas, como artrose e osteoporose. No entanto, esse tipo de problema é mais frequente em pessoas com idade mais avançada.

Cifose pós-traumática

A cifose pós-traumática ocorre quando o paciente é exposto a algum acidente que causa o achatamento da vértebra.

Doenças neuromusculares

É muito mais raro, no entanto, a cifose pode ocorrer por causa de paralisia cerebral, distrofias musculares, poliomielite e outras doenças neuromusculares.

E quando a cifose não é tratada?

A evolução e piora da cifose pode, ao longo dos anos, acarretar distúrbios cardiovasculares e respiratórios. Raramente, pode evoluir com alterações neurológicas.

O ideal é que, se existe a suspeita da presença de cifose ou de que um filho possa estar com o problema, a consulta com um especialista seja realizada, para que se possa ter um diagnóstico.

Principalmente quando se trata de uma criança, afinal, durante o período de crescimento ósseo, é possível corrigir a questão de forma mais efetiva.

Existe algum tipo de prevenção?

Quando a alteração é de origem postural, sim. Nos demais casos não existe prevenção possível. O ideal é que os pais sempre estejam atentos à postura das crianças.

cifose 5Se seus filhos se sentam de forma muito inadequada ou sempre estão curvados, isso deve ser corrigido.

Colocar as crianças para praticar atividades físicas também é uma boa maneira de cuidar da saúde óssea. A criança que se exercita tende a ter mais consciência corporal.

O diagnóstico precoce e possível tratamento precoce é sempre a melhor opção na cifose.

Agende uma consulta com Dr. Luciano Pellegrino

    Unidade de preferência:

    Telefone: (11) 3459-2128

    Whatsapp: (11) 95020-1592

    Horário: Segundas e Quartas das 08h00 às 18h00 | Terças e Quintas das 08h às 20h | Sextas das 08h às 17h

    Luciano Pellegrino - Doctoralia.com.br
    Nenhum comentário

    Comentar