Cifose

O que é Cifose?

Percebeu uma alteração na curvatura da coluna e suspeita de cifose? Ou recebeu um diagnóstico e deseja entender mais sobre cifose, o que é quais sintomas?

cifoseA cifose é uma alteração na coluna que geralmente é causada pela má postura. Se você quer saber mais sobre esse problema e como lidar com ele, nós temos algumas informações úteis.

A cifose é uma alteração que não costuma apresentar sintomas, como dores. No entanto, quando a cifose é muito acentuada, ela pode ocasionar dores na região da coluna torácica e lombar. No entanto, essa dor não costuma ser muito intensa, porém muitas vezes é persistente.

Em geral, a cifose apresenta o desconforto estético relacionado ao problema. Afinal, a postura fica “corcunda” como é popularmente conhecida.

O tipo de cifose mais comum é a postural, que é conhecida também como cifose flexível. Nesses casos, basta corrigir a má postura, realizar um fortalecimento da musculatura e o problema deixa pode ser solucionado.

Causas da cifose

Além da má postura, a cifose pode ter outras causas que são relativamente comuns, confira quais são elas.

Cifose congênita

Cifose congênita é causada pela má formação das vértebras no período de formação da coluna vertebral, que ocorre ainda na gestação (entre a 3ª e 8ª semana de gestação). Portanto, a criança já nasce com a má formação.

Doença de Scheuermann

cifoseEssa doença afeta a estrutura da coluna, causando uma hipercifose rígida. Em geral, existe um componente hereditário na causa da doença de Scheuermann que costuma afetar com maior frequência os meninos. Pode evoluir e piorar na fase de estirão do crescimento.

Processos degenerativos

A cifose também pode ser causada por doenças degenerativas, como artrose e osteoporose. No entanto, esse tipo de problema é mais frequente em pessoas com idade mais avançada.

Cifose pós-traumática

A cifose pós-traumática ocorre quando o paciente é exposto a algum acidente que causa o achatamento da vértebra.

Doenças neuromusculares

É muito mais raro, no entanto, a cifose pode ocorrer por causa de paralisia cerebral, distrofias musculares, poliomielite e outras doenças neuromusculares.

Como é feito o diagnóstico?

cifoseUma vez que, existe suspeita de cifose, é hora de procurar ajuda médica, caso o problema esteja desencadeando dores ou desconforto.

Na consulta, o profissional irá ouvir as queixas e realizar exame físico para identificar a possível alteração.

A partir desse exame, o médico costuma solicitar exame de imagem, para confirmar o diagnóstico. O exame de imagem permite a visualização das vértebras, para que o médico analise se a cifose é apenas originada pela má postura ou por problemas nos ossos da coluna.

Uma vez diagnosticado o problema, o médico deverá dar início ao tratamento. Nesses casos, é considerado a gravidade da cifose e também os sintomas apresentados pelo paciente.

Como é o tratamento de cifose?

O tratamento pode ser feito de diferentes formas, a depender da gravidade da curvatura da coluna.

cifoseNo caso de uma cifose de origem postural, a reabilitação motora com técnicas de RPG é fundamental para tratar a deformidade. O médico pode indicar tratamento com a adoção de exercícios e mudança de hábitos.

A inclusão dos exercícios de fortalecimento e atividades aeróbicas também é importante.

Já nos casos de uma curvatura mais acentuada, o médico considera a curvatura e a idade do paciente, para saber o potencial de crescimento que essa curvatura ainda terá.

Paciente que ainda estão em fase de crescimento, podem receber a prescrição de uso de colete ortopédico, dependendo o valor angular da curva. O colete tem a função de “frear” a progressão da curva, não totalmente, mas auxilia.

Em pacientes com idade mais avançada e ossos já desenvolvidos, os coletes já não são mais efetivos.

É preciso recorrer à cirurgia?

Os pacientes que apresentam curvaturas entre 70 e 80 graus, podem necessitar de cirurgia para corrigir a cifose.

Nesses casos, é preciso analisar se existem queixas de dor, sintomas neurológicos e/ou progressão documentada da curvatura.

Nessa fase sempre é necessário o acompanhamento regular com um médico especialista em coluna.

E quando a cifose não é tratada?

A evolução e piora da cifose pode, ao longo dos anos, acarretar distúrbios cardiovasculares e respiratórios. Raramente, pode evoluir com alterações neurológicas.

O ideal é que, se existe a suspeita da presença de cifose ou de que um filho possa estar com o problema, a consulta com um especialista seja realizada, para que se possa ter um diagnóstico.

Principalmente quando se trata de uma criança, afinal, durante o período de crescimento ósseo, é possível corrigir a questão de forma mais efetiva.

O diagnóstico precoce e possível tratamento precoce é sempre a melhor opção na cifose.

Existe algum tipo de prevenção?

Quando a alteração é de origem postural, sim. Nos demais casos não existe prevenção possível. O ideal é que os pais sempre estejam atentos à postura das crianças.

cifoseSe seus filhos sentam de forma muito inadequada ou sempre estão curvados, isso deve ser corrigido.

Colocar as crianças para praticar atividades físicas também é uma boa maneira de cuidar da saúde óssea. A criança que se exercita tende a ter mais consciência corporal.

O que evita dores e problemas na formação da coluna, que geralmente são causadas pela má postura.

Nos casos de cifose em que ocorre um problema na estrutura das vértebras, não existe maneira de prevenir. No entanto, é totalmente possível controlar a progressão da doença.

Quando o problema é identificado durante a fase de crescimento infantil, o controle tende a ser muito mais fácil. Evitando que a curvatura da coluna seja significativa.

Fique atento! Na dúvida, procure sempre um especialista em coluna.

Leia Também

sacroileite

Sacroileíte

Condição inflamatória da articulação sacro-ilíaca, a sacroileíte pode ser causada por doenças inflamatórias, reumáticas, além da gestação, que causa uma pressão sobre os grupos musculares da região.

protusão ou abaulamento discal

Protrusão e Abaulamento Discal

Associada com o processo de desgaste natural do disco, a protusão e abaulamento discal pode ser uma fase pré-hérnia de disco e em alguns casos pode evoluir com dor.

osteoporose na coluna

Osteoporose na Coluna

A osteoporose, quando atinge a coluna, pode levar a dores crônicas ou até mesmo fraturas. É preciso o acompanhamento periódico do ortopedista para tratamento dessa condição.