Dr. Luciano Pellegrino

Atendimento

De segunda a sexta-feira das 8:00hs as 18:00hs
Tel: (11)3258-1592
(11)3258-9033

Qual o melhor travesseiro para minha coluna?

 

O período em que descansamos e dormimos é fundamental para a recuperação da nossa coluna, em especial dos desvios e contraturas musculares causadas por má postura e estresse do dia a dia.

O uso de um travesseiro adequado pode melhorar a qualidade do sono, permitindo uma melhor recuperação para o próximo dia.  Para as pessoas com problemas de coluna, o tipo certo de travesseiro é extremamente importante. Existem diversos tipos de travesseiros, o ideal é experimentar por alguns dias qual o tipo que se adapta melhor a você.

O uso do travesseiro durante o sono tem duas funções principais:

  • Apoio: Do ponto de vista físico, travesseiros sustentam a cabeça, pescoço e ombros, mantendo-os alinhados, aliviando a pressão e contrabalançando as curvas da coluna.
  • Conforto: Eles determinam uma sensação de conforto, o que ajuda na obtenção de um bom sono, permitindo descansar melhor.

A maioria dos travesseiros preenchidos com penas oferecem muito pouco apoio estrutural em comparação com travesseiros preenchidos com materiais mais firmes. Pessoas que sofrem de degeneração do disco vertebral (discopatias, protrusões, hérnias), estenose vertebral, dor miofascial, ou trauma podem ter uma noite mais reparadora com um travesseiro mais firme. Para o suporte ideal, o melhor é escolher um travesseiro que tenha as seguintes características:

Com base em medições do corpo e suas preferências pessoais, o travesseiro deve ter uma altura de 10 a 15 cm. Ele deve apoiar a cabeça e o pescoço (e os ombros quando deitado de costas). Para deitar em posições diferentes, é melhor se o travesseiro puder ser ajustado em sua altura. Um travesseiro deve moldar a curvatura natural da coluna e aliviar os pontos de pressão.

O travesseiro deve ser projetado para manter a coluna em alinhamento natural. O pescoço apresenta curvas ligeiramente para a frente (para sustentar o peso da cabeça, quando na vertical), e é importante manter esta curva, quando em posição de repouso. Se a altura do travesseiro é muito alta quando dorme de lado ou nas costas, o pescoço é curvado para a frente de forma anormal ou para o lado, causando tensão muscular na parte posterior do pescoço e ombros. Este tipo de posição pode também causar estreitamento da via aérea, resultando em obstrução da respiração, e às vezes o ronco, que pode dificultar o sono. Por outro lado, se a altura do travesseiro é muito baixa, os músculos do pescoço também ser tensionados.

 

Posições dos Travesseiros

  • Travesseiro entre os joelhos: Ao dormir de lado, dobrando os joelhos e colocando um travesseiro entre eles, mantemos a coluna lombar em posição neutra. Isso alivia a tensão na região da lombar e coloca menos carga sobre as articulações que geram dor. Dobrar demais uma perna sobre a outra, quando dormimos de lado, deve ser evitado pois isso sobrecarrega a curvatura natural da coluna. Quando dormimos  sobre as costas (com o abdome para cima) o travesseiro pode ser posicionado abaixo dos joelhos.
  • Travesseiro de viagem: O típico travesseiro em formato de "U", que é utilizado ao redor do pescoço, pode ser usado para dormir ou apoiar a cabeça quando estamos na posição sentada. Este tipo de travesseiro diminui os movimentos laterais e em flexão/extensão da cabeça, o que permite um relaxamento dos músculos que mantém a cabeça ereta e pode ser benéfico durante uma viagem de avião ou de carro.
  • Travesseiro para a lombar: Um travesseiro ou almofada de apoio na região das costas (lombar) ajuda a manter a curva interna da coluna lombar quando estamos sentados por longos períodos de tempo. Isso leva a um alívio da dor lombar e nas pernas por relaxamento da musculatura paravertebral e isquiotibial.
  • Travesseiro em forma de “ferradura”: Como o nome indica, este é um travesseiro em forma de anel que é colocado no assento da cadeira. Pessoas que sofreram uma fratura ou contusão no cóccix podem ter alívio da dor coccígea utilizando-o.

 

Ao longo do tempo, a maioria dos travesseiros começará a perder sua firmeza e não mais apoiar o pescoço adequadamente. Quando o travesseiro chegar a esta fase, este deve ser substituído.

 

Voltar

 

Pesquisar

Navegação: Home Orientações aos pacientes Orientações Qual o melhor travesseiro para minha coluna?