Atendimento

Segunda à sexta - 8:00 às 18:00

Tel: (11) 3459-2128

              (11) 99960-1592   

contatolucianopellegrino@gmail.com

1 item tagged "Sobrecarga ligamentar"

  • Edema nos Ligamentos Interespinhosos

     

    Você já deve ter ouvido falar ou lido em laudos de exames os termos: “edema nos ligamentos interespinhosos” , “injúria dos ligamentos interespinhosos”,  hipersolicitação mecânica dos ligamentos” e “edema por sobrecarga mecânica dos ligamentos”.

    Essas alterações são muito comuns na população em geral e são umas das principais causas de dor lombar e dor cervical.

    A dor cervical e lombar tem sido cada vez mais frequente devido a uma combinação de má postura, sedentarismo e, muitas vezes, exercícios mal conduzidos ou esforços inadequados com a coluna vertebral. Todas essas condições podem levar à sobrecarga na coluna vertebral e edema nos ligamentos interespinhosos.

    Os ligamentos interespinhosos são “tiras finas” que ligam os ossos (processos espinhosos). Esses ligamentos são estreitos e alongados na coluna torácica. Já na coluna lombar apresentam-se mais largos e espessos. Eles possuem uma rica inervação de ramos mediais e dorsais, o que gera o estímulo doloroso.

     

    A principal função dos ligamentos interespinhosos é promover estabilidade à coluna vertebral através da limitação dos movimentos de flexão.

     

    É comum processos dolorosos agudos e até mesmo crônicos em indivíduos com sobrecarga/edema desses ligamentos. Um trauma agudo intenso como acidente motociclístico pode até mesmo levar à ruptura ligamentar.

     

    Da mesma forma, situações mais crônicas como agachamentos repetitivos com pesos, flexão/extensão repetida do tronco, pegar um peso exagerado do chão e traumas repetitivos podem determinar a sobrecarga crônica dessas estruturas.

     

    Quando ocorre o edema local por sobrecarga, as demais estruturas que envolvem a região também podem doer (musculatura, articulações/facetas, raízes nervosas, etc).

    Geralmente os indivíduos sentem um início agudo de dor na coluna que piora aos movimentos de flexão. Na maioria dos casos há dor cervical/lombar profunda à palpação da região associado a algum tipo de espasmo muscular (contratura local). Em alguns casos pode haver irradiação da dor (trapézios, glúteos, etc).

    O diagnóstico nesses casos é clínico (história clínica e exame físico), com avaliação apropriada de um especialista em coluna. Em casos de dúvida, ou para diagnóstico diferencial, o exame de ressonância magnética pode facilmente dar o diagnóstico com edema local na região dos ligamentos interespinhosos.

    O tratamento mais efetivo nesses casos é o controle da dor e inflamação na fase aguda e a posterior reabilitação motora e estabilização postural quando a dor estiver controlada.

     

    Procure orientação de um profissional especializado ou especialista em coluna para um correto diagnóstico e tratamento.

     

EasyTagCloud v2.8